Justificativa

Universidade é um local onde se educa, investiga e se inova. É um espaço onde se convive de forma permanente ou transitória, devendo sempre incorporar a promoção da saúde, visando o desenvolvimento humano, a melhoria de sua qualidade de vida e a integralidade do ser, muito mais além do que simples estratégias de mudanças de hábitos de cada um em particular. Por ser a Universidade um organismo de natureza histórica, para estar apto a desempenhar funções sociais relevantes, precisa acompanhar a evolução dos tempos, adequar-se a cada conjuntura e contexto, compatibilizar-se, permanentemente, com as metamorfoses sociais mais amplas, comprometendo-se, através dessa inserção ativa, com a construção consciente do dever.

Nesse contexto, se faz pertinente um investimento acadêmico com compromissos epistemológicos, pedagógicos, éticos e sociais. A construção do papel social dos futuros profissionais envolvidos, no entendimento do processo saúde-doença, pressupõe o reconhecimento da importância da atenção integral e interdisciplinar na melhoria das condições de saúde do indivíduo e das populações.

Projeções da Organização Mundial de Saúde indicam que o Brasil no ano de 2025, alcançará 32 milhões de pessoas com mais de 60 anos, ocupando o sexto lugar no mundo em contingente de idosos. Assim, precisamos desenvolver Programas que contemplem ações efetivamente integralizadoras, que promovam a qualidade de vida do Idoso na Amazônia Brasileira.